Calendário ON
Hoje é dia 2-3-4-5-6 de Dezembro de 2063. Estamos no Inverno.
Últimos assuntos
» Registro de Photoplayer
Sab Jan 27, 2018 7:29 pm por Emma Louise Brönte

» Quarto - Oliver L. Cunninghan
Qua Jan 24, 2018 2:55 pm por Oliver L. Cunninghan

» Teste de templates e assinaturas
Seg Jan 22, 2018 7:18 pm por Jason Carter

» Salão de festas
Sab Jan 20, 2018 9:37 pm por Oliver L. Cunninghan

» Salão Principal
Sab Jan 20, 2018 9:20 pm por Morgan L. Cunninghan

» Sala de Transfiguração
Sab Jan 20, 2018 8:54 pm por Samantha A. Lightwood

» Sala de Transfiguração
Sab Jan 20, 2018 8:53 pm por Samantha A. Lightwood

» Jardim
Qua Jan 17, 2018 10:03 pm por Mia Backer Appel

» Portões de Entrada
Ter Jan 16, 2018 7:33 pm por Elleanor S. Lightwood

Copa das Casas

CORVINAL
GRIFINÓRIA
LUFA-LUFA
SONSERINA
Parceiros
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::

Salão Principal

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Salão Principal

Mensagem por O Herdeiro em Seg Dez 04, 2017 9:01 pm

Relembrando a primeira mensagem :



Salão Principal


O salão principal de Hogwarts é a principal área de reunião da escola. Lá os alunos fazem suas refeições e recebem o correio-coruja diariamente e lá é onde ocorre alguns eventos especiais como alguns bailes e festas. O salão principal é amplo e contém a mesa dos professores e quatro mesas para os alunos: uma para cada casa para dividirem-se, porém não há uma regra que um lufano sente na mesa da sonserina. O teto é encantado para imitar o tempo ou o humor atual da comunidade, algumas velas flutuam sobre a cabeça de todos, quando estão muito animados o fogo destas velas iluminam de forma celestial e viva, quando desanimados por algum motivo tem a chama baixa. Este local é usado para as refeições em comum do dia-a-dia, treinamento de aparatação que ocorre no final de cada ano para o sexto ano e alguns exames de importância que tenha de ser chamado o Ministério da Magia, como por exemplo os NOM's.
As mesas são utilizadas para todas as festas de abertura e encerramento de ano, para servir o café da manhã, almoço e jantar dos alunos todos os dias, além de ser o lugar da ceia de natal e de eventos como o Baile de Inverno e a Seleção do Cálice de Fogo durante o Torneio Tribruxo. No evento do Torneio Tribruxo a mesa de Grifinória fica alunos de Durmstrang e de Sonserina Beauxbatons, depois Lufa-Lufa Durmstrang e Corvinal com Beauxbatons alternando em cada ano.

Copyright ©️ 2017 All Rights Reserved for Mayu Amakura at Lotus Graphics
avatar
O Herdeiro
Admin
Admin

Postagens : 396
Data de inscrição : 03/10/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Salão Principal

Mensagem por Elleanor S. Lightwood em Sex Dez 22, 2017 8:10 pm


Escola



Todos os veteranos estavam presentes o Salão Principal quando os calouros adentraram. Elleanor sentia-se fascinada com tudo que seus olhos podiam enxergar. Tudo era novidade para a pequena e tudo era belo. Todos os novatos ficaram a frente do salão enquanto a diretora fazia seu discurso. Por ordem alfabética, cada aluno foi chamado e selecionado para uma casa. Em sua vez, Elle sentiu-se nervosa, com medo de ir para uma casa que sua mãe não aprovasse; seu anseio era de ir para a mesma que a da sua mãe, a Corvinal. 
O chapéu parecia confuso sobre qual casa era a mais adequada para a pequena, susurrando que ela se encaixaria muito bem em qualquer uma das quatro casas, fato que deixou Elle curiosa. Após um certo tempo, o chapéu decidiu que seria correto coloca-la a Grifinória e mesmo não sendo a casa de sua mãe, ela sentiu-se feliz por ir para esta.
Após toda a seleção ocorrer, chegou o momento do banquete. Elleanor havia sido muito bem recebida pelo colegas de sua casa e sentia-se importante e parte de algo. Seu sorriso era o mais feliz de muitos anos, ela sentia alegre como a muito tempo não ocorria. Após algumas horas, seguiu seu monitor para a sala comunal da grifinória e deixou o salão principal.  
Thanks Ross & Tiago @ CG



[OFF]

_________________



Elleanor Seline Lightwood
Família Lightwood | 11 anos | Grifinória <3 | Futura Artilheira da Grifinória


avatar
Elleanor S. Lightwood
Grifinória
Grifinória

Postagens : 14
Data de inscrição : 04/10/2017
Localização : Hogwarts

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão Principal

Mensagem por Emma Lightwood em Sex Dez 22, 2017 10:13 pm

Emma Lightwood

A docente aparatou no fim daquela mesma tarde do lado de fora dos terrenos da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, para o início de mais um ano letivo. Os alunos, assim como a maioria dos professores e funcionários, chegariam apenas no período da noite mas Emma queria deixar algumas coisas em ordem antes mesmo da cerimônia. Seus pés guiaram-na até os portões, os quais foram abertos pelo guarda-caça que a sua espera estava, assim como nos anos anteriores. - Boa tarde. Ela sorriu ao cumprimentar o mesmo e atravessar os imensos portões. Com algumas coisas em mãos, a docente caminhou em direção o castelo e de forma mais específica, ao quarto que à ela pertencia na escola. 

A noite caíra tão rapidamente que quando Emma se deu conta, os alunos começavam a chegar no castelo de forma animadora e barulhenta. A morena sorriu, ansiosa para lecionar mais um ano, assim como conhecer os novos alunos que honrariam o nome de sua antiga casa. Seus passos ecoavam pelos corredores, seus pés a guiavam ao Salão Principal no térreo do castelo afim de presenciar mais uma cerimônia de abertura. Seu vestido longo e preto cobria todo seu corpo, ainda que o delineasse; assim como as mangas do mesmo cobriam seus braços. Assim que entrou no salão, ouviu os cumprimentos dos alunos que já conhecia e os respondeu gentilmente, cada um deles, como era de seu costume. Sentou na mesa dos funcionários e saudou todos os presentes, conversando com os mesmos sobre as férias de todos. Demorou um pouco para a cerimônia ter início mas quando começou, ocorreu de forma mais célere do que esperava. A cada novo aluno selecionado, Emma aplaudia mas a cada grifino novo, ela aplaudia ainda mais forte com um belo sorriso estampado em seu rosto. Após a seleção veio banquete, o qual ela não se serviu muito, uma vez que encontrava-se sem apetite. A conversa com os funcionários durou um longo tempo e quando cansada, deixou o salão e recolheu-se aos seus aposentos.  

(off)

Hogwarts
Thanks Evil Queen ♥️ Wonderland Editions
avatar
Emma Lightwood
Professores
Professores

Postagens : 12
Data de inscrição : 04/10/2017
Localização : Hogwarts, na maior parte de meu tempo.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão Principal

Mensagem por Joshua B. Buonarroti em Sab Dez 23, 2017 5:31 pm

[



Quidditch


Rockin' robin, rock rock
Rockin' robin'
]


Sozinho na chegada ao salão principal, Joshua permitiu que a mente despedisse-se de Astra por uns momentos enquanto focalizava nos amigos que não via nos últimos meses. Cumprimentou James, na mesa grifinória, e outra meia dúzia de conhecidos, na lufa, passou por Mia, por Lena e Peter, outras amizades resultantes de amizades principais. Acenava e distribuía sorrisos, sempre de pé, cheio de energia contido. Sentia-se leve, contrário ao período de tensão que transcorrera até então.

Na mesa corvinal – a mais bonita delas, decorada com uma miríade de tons azuis – permaneceu de pé, distribuindo sua atenção entre Gregory, seu melhor amigo, Jhessy e Alec. Não iria sentar-se ainda, gostava de recepcionar os novatos, muito mais interessantes do que os babacas com quem convivia já há cinco anos.

(Postagem encerrada de Joshua B. Buonarroti)


[Joshua Bennett Buonarroti]
Post #007
Thanks, IT


avatar
Joshua B. Buonarroti
Corvinal
Corvinal

Postagens : 11
Data de inscrição : 09/11/2017
Idade : 15
Localização : Londres, Inglaterra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão Principal

Mensagem por Jane Blackwood em Sab Dez 23, 2017 5:57 pm

Yes, I'm clumsy!



Um pouco mais calma, continuei tomando meu suco, pensando que realmente deveria comer alguma coisa antes de ir pra aula, assim poderia vir almoçar mais tarde e não logo depois de sair da sala do professor Charles, alcancei um pedaço de bolo de milho e dei uma mordida, estava do jeito que eu gostava.
Olhei para meus colegas ali e respirei fundo, dando uma risada baixa e exasperada, deixando o bolo sobre o prato e dizendo em meu melhor tom indignado:
– Bom, aparentemente eu sou obrigada a seguir meu namorado com a cabeça baixa e sem questionar.
Dei mais uma mordida no bolo, olhando em voltar e me assegurando de que nenhum dos milhares de parentes dele estariam por perto, antes de dar de ombros e me dirigir a Dominic, dizendo:
– Época de natal, depois que a mãe de Ollie morreu ele sempre vai passar o natal na casa da madrinha dele, e esse ano ele queria que eu fosse junto, mas eu preferi passar o natal com a minha família, poxa, eles são estranhos, mas ainda assim são minha família! Bom, isso rendeu discussões o suficiente de que eu não sabia o que queria, um imenso monólogo de como os Sowsfield’s são maravilhosos e iam me receber bem e o quanto a minha família era terrível.
Fiz uma pausa para respirar fundo, sentindo uma instantânea tristeza por toda a situação e abaixando a cabeça por um segundo, pensando em tudo aquilo e, afinal, o que eu estava fazendo? Eu nem gostava dele, era só um cara que meu pai achou adequado o suficiente pra me levar pra tomar sorvete as vezes e como sempre, eu obedecera, nada naquela relação era justo.
Olhei meus amigos com um sorriso resignado, balançando a cabeça novamente e dizendo:
– Talvez tenha chegado a hora de colocar um fim nisso tudo, quer dizer… não e isso que eu quero, nem sie porque estou fazendo! Meu pai quer? Meu irmão acha adequado? E eu? Porque nenhum cara entende que eu também posso querer alguma coisa?


 Lollita

_________________

Lufa-Lufa -

Jane
credits Killjoy Girl
avatar
Jane Blackwood

Postagens : 12
Data de inscrição : 10/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão Principal

Mensagem por Mia Backer Appel em Sab Dez 23, 2017 8:27 pm



>>Main Hall<<

Breakfast
Então era isso que havia acontecido. Jane era uma garota em um sistema machista que a oprimia muito mais do que qualquer outra garota que podia conhecer. Suspirei. Ela era uma garota forte — eu conseguia ver isso — mas sua família... Respirei fundo e meneei a cabeça, comi mais um pedaço de bolo de chocolate e olhei para a loira.  

— Você não é obrigada a nada, Blackwood. — disse, em um tom baixo, encolhendo os ombros. — Eu acho meio que um absurdo você não poder escolher... Mas você tem esse direito.

Olhei para o meu prato e depois para James, engolindo o seco, querendo dizer: Eu não tenho nada a ver com isso. E eu não tinha mesmo, Jane não sabia que eu estava apaixonada pelo seu namorado, sabia? Engoli o seco e voltei a olhar para o meu prato. Ela não tinha como saber, não podia.  

Deixei metade do bolo que coloquei no prato, empurrando-o para frente.  

— Eu concordo com a Mia, Jane. Você deveria poder escolher essas coisas, e... — Junger disse, mas não desviei o olhar do prato em minha frente. — Mas não tenho certeza sobre o namoro... Bom, se quiser continuar, continua, se não... Não continue.

Eu o olhei e o vi dar de ombros. Ele não prestou atenção em meus movimentos, nem em como suspirei em esperanças de que Jane terminasse o namoro com Oliver. Senti meu coração se apertar em uma bolinha com a culpa de ter traído a confiança daquela garota, tão fofa e inocente. Voltei a olhar para o prato até que não aguentei mais. Levantei-me do banco, fechei o livro que estava lendo e peguei a mochila que estava em minhas mãos.  

— Eu tenho que ir. — respondi, angustiada, afastando-me da mesa, em direção à porta.  

Eu caminhei de cabeça baixa, encolhida e abraçando o livro de capa dura de couro e estava saindo do Salão Principal quando senti alguém pegar meu braço e me virei para ver um James preocupado, cruzando os braços com os meus. Ele sabia. Claro que ele sabia, era meu melhor amigo há anos. Estávamos em um ponto de nossa amizade que não era preciso falarmos um com o outro para nos entendermos.  

Suspirei e apoiei-me em seu ombro. Mais uma vez queria escorregar por uma parede e me encolher, desmoronar em choro, mas ele me segurou, sustentou por um curto caminho até ouvirmos a voz de Junger.  

— Mia! — chamou e eu e o grifino paramos, olhando para trás.  

James me olhou com certa preocupação e eu assenti. Junger era meu amigo, confiava nele. Ou pelo menos queria confiar. Respirei fundo e apertei o livro quando o grifino se afastou, encolhendo-me em mim mesma novamente.  

— Podemos fazer uma caminhada? — perguntou e eu assenti, sorrindo brevemente.  

— Posso pegar meu cachorrinho, antes? Eu preciso levá-lo pra passear. — falei, indicando o caminho da Comunal.  

Dominic assentiu, acompanhando-me enquanto eu ia pegar meu cachorrinho. Ele se recusou a falar o que ele queria no corredor do castelo, não importava o quanto eu insistisse. Então só ficamos brincando um com o outro, fazendo perguntas aleatórias sobre nossas vidas.

[Off com Jane Blackwood]  


_________________


credits for Mia
Mia Backer Appel
avatar
Mia Backer Appel
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa

Postagens : 63
Data de inscrição : 05/11/2017
Idade : 18
Localização : Em algum lugar da Holanda, talvez?

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão Principal

Mensagem por Morgan L. Cunninghan em Sab Jan 20, 2018 9:20 pm

STARLIGHT...

"In the dead of night, you went dark on me."

Nostalgia inundou-me conforme as carruagens adentraram os terrenos, ladeados pela silhueta escura da Floresta Proibida. Logo que Alec sai da carruagem, trato de segui-lo e pular em suas costas, abraçando-o pelo pescoço enquanto ele sai em disparada em direção ao castelo, cujas janelas iluminadas lembravam o aconchego de lareiras acesas e pilhas de livros a serem lidos.

Alec cambaleou pelo caminho, arrancando de mim o riso infantil que, muitas vezes, apenas ele conseguia trazer à tona. Muitas vezes, ele era o único a conseguir trazer um pouco da velha Morgana de volta – embora eu jamais venha a admitir isso a ninguém, ou em qualquer lugar fora da minha cabeça. Quando chegamos ao castelo – após várias quase quedas e uma leve falta de ar em razão dos risos - segui para a mesa da corvinal, ocupando o lugar ao lado de Oliver, os olhos ansiosos como os meus provavelmente estariam naquele momento.

Oliver e eu fizemos de tudo ao nosso alcance para não permitir que Rilys se quebrasse como nós dois. Enquanto éramos dois pontos escuros, ela era o sol que jogava luz em nossas vidas e, embora fosse quase uma tradição um Cunninghan cair na Corvinal, estávamos os dois totalmente cientes que Rilys talvez não estivesse na mesma casa que nós dois.

Estava tão ansiosa que mal o percebi até que seus braços me envolveram e o perfume que eu aprendera a reconhecer há algum tempo preencheram aquele espaço. Conheci, propriamente, Chung-hee no ano anterior; ficamos os dois até mais tarde fazendo trabalhos na biblioteca (você pode não acreditar, mas, sim, eu estudo e bastante) e, quando a bibliotecária finalmente resolveu nos expulsar, voltamos juntos para a sala comunal, sem nada dizer.

Isso tornou-se uma rotina, no entanto e, em algumas semanas estávamos conversando, pouco, mas conversando.

Ao longo dos anos, foi um costume erguer barreiras. Muros invisíveis que deixavam a maioria de fora. Aos poucos, e de uma maneira que nem mesmo eu conseguira identificar, ele as transpôs, como se fossem de manteiga e não concreto e rocha. Não vou mentir – é um hábito que estou tentando e não tentando mudar – mas não fazia ideia do que estava sentindo, era bom, me deixava... tranquila. Era como flutuar, ao mesmo tempo em que se tem uma pedra no pescoço e não ligar nem um pouco para isso. Como se estivesse caindo interminavelmente ao mesmo tempo em que um elástico ligado a meu estômago me fizesse ir e voltar.

Sensação esta perpetuada pelo beijo obviamente acidental, o que lhe rendeu um rosto adoravelmente corado e um sorriso de minha parte. Chung-hee ocupou o espaço vago e sua irmã – visivelmente mais quieta do que o normal – ocupava o banco posterior.  Chung-hee entrelaçou os dedos aos meus e eu a segurei firmemente. Principalmente porque a seleção estava a segundos de começar. Olhei nervosa para a mesa da sonserina, onde Alec era o drama em pessoa com uma mão estendida em minha direção.

Sorri, piscando e mandando um beijo para ele, voltando a atenção quando Samantha entrou com os alunos do primeiro ano – Rilys entre eles. Sam começou a achamar os alunos um a um para a seleção, e o chapéu não se demorava muito com cada um deles e, quando Rilys foi chamada, tenho a impressão de que quase me levantei, mordendo os lábios com certa intensidade.

Alguns segundos – que pareceram horas – passaram quando finalmente o chapéu anunciou: Grifinória. Parte de mim se retraiu, afinal, não poderia ver Rilys sempre que quisesse e nem cuidar dela como queria. Mas também sabia que a Corvinal nunca seria seu lugar e sorri quando ela finalmente ocupou um lugar à mesa dos leões, sorrindo para demonstrar que, sim – é verdade – estava feliz por ela.

O resto do banquete foi ocupado pela comida e sobremesas. Chung-hee e Sun Hee tiveram que sair mais cedo para orientar os alunos primeiranistas em seu primeiro dia, e me demorei um pouco para sair da mesa, procurando minha irmã. Obviamente, a massa de alunos deslocando-se para suas comunais não me permitiu vê-la, então, decidi que invadiria a mesa da Grifinória no café da manhã seguinte para conversar com ela.

Ergui-me juntando-me a eles até que Alec me encontrou. Enlacei sua cintura e sorri — Sabe que minha cama é a maior prioridade no momento, não desviaria do caminho para ela nem por mil galeões. — Pisquei, apertando-lhe de leve a bochecha antes de desviar para a escadaria e iniciar a subida para a torre da corvinal.

[OFF]
M A M A

_________________

Morgana Cunninghan
CAN YOU CHANGE ME? FROM THE MONSTER YOU MADE ME.
avatar
Morgan L. Cunninghan
Corvinal
Corvinal

Postagens : 26
Data de inscrição : 03/10/2017
Idade : 15
Localização : Atrás de você... Bu!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão Principal

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum